Aniversário de namoro

Daisypath Anniversary tickers

Aniversário de Casamento

Daisypath Anniversary tickers

Maria Luiza

Lilypie Fourth Birthday tickers

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Depressão pós casamento ihhh


Achei um artigo bem interessante sobre depressão pós casamento um assunto que muitas noivinhas passam após o casamento e não sabem, ficamos tão agitadas com os preparativos e quando isso tudo acaba o que fazemos como ficamos?! Leiam e se informem. 

"Juntar os "trapinhos” ainda é o sonho de muita gente. Dados indicam que em 2010, o índice de casamento foi o maior em uma década. O que poucos sabem é que depois da cerimônia, da lua de mel e da euforia dos primeiros dias, há um grupo de pessoas que passam por um estresse intenso, chamado de depressão pós-casamento.
Segundo a psicóloga Heloisa Schauff, a depressão pós-casamento é um conjunto de sentimentos e sensações de vazio, angústia, melancolia, estranhamento e dificuldade de se adaptar e lidar com a realidade a partir do início da vida a dois. “Surgem dúvidas a respeito de se ter tomado a decisão certa ou de ter feito a escolha certa ao se casar. A realidade agora é o dia-a-dia e o convívio com as diferenças, o que gera grande tensão”, explicou.
Mas, como saber se a depressão pós-casamento te atingiu? De acordo com Heloisa, a depressão, num primeiro momento, ocorre devido ao término dos preparativos para o casamento. As mil ocupações dão espaço a um vazio. Do centro das atenções, passa-se a viver uma nova etapa e é necessária uma adaptação.  A perda dos papéis de filho e irmão para assumir outro de pessoa casada, marido ou esposa responsável pela casa, pode despertar sentimentos de angústia. 
“As pessoas mudam e deixam coisas para trás para seguirem seus caminhos e precisam elaborar esse novo status. Também vivem as perdas, conscientes ou não, de sonhos românticos, expectativas às vezes impossíveis, ilusões de liberdade, de segurança. Com o início da vida de casado, pode-se sentir certas tensões relacionadas à morte das expectativas românticas em função da rotina que fatalmente se instala. As pessoas levam para o casamento idealizações que no dia a dia não consegue realizar. Tudo isso pode passar da angústia para uma depressão, se não for dada a devida atenção ao fato”, disse a especialista.
E quem acredita que esses sintomas são típicos somente das mulheres, engana-se. De acordo com a psicóloga, os homens também têm depressão pós-casamento. “Além de fatores externos, os fatores internos de idealizações, expectativas e perdas estão presentes neles também”, afirmou.
Para tentar evitar traumas futuros, Heloisa esclarece que a etapa do namoro é fundamental para um conhecer bem o outro, identificar pontos comuns, checar se existem projetos e valores semelhantes e também os pontos de divergência, para que possam conversar e encontrar soluções.
“Outro ponto importante é ter uma visão realista da vida e saber que poderão ocorrer problemas. É importante que o casal tenha uma atitude de cooperação e de flexibilidade nesses momentos. Após o casamento, é preciso reforçar esses acordos, buscar sempre uma intimidade adequada e viver o amor de forma real, sem perder o romantismo. O importante é não deixar que os primeiros sinais de problemas sejam encarados como o fim, e lembrar que para cada novo momento há um stress da novidade e a necessidade de adaptação”, disse.
Diálogo
Conversar ainda é a melhor solução para sair deste estado de depressão que não combina em nada com a vida de recém-casado. De acordo com a especialista, dialogar de maneira produtiva sempre é uma boa opção. “Se isso não adiantar ou um dos cônjuges não conseguir superar a questão, vale buscar ajuda profissional para o casal ou para os pares individualmente”, aconselha."

Espero que tenham gostado, beijinhos saudades volto logo.

Fonte: http://suadieta.com.br/Materias/1520/saude/depressao-pos-casamento-existe-e-tem-solucao

Total de visualizações de página

Followers