Aniversário de namoro

Daisypath Anniversary tickers

Aniversário de Casamento

Daisypath Anniversary tickers

Maria Luiza

Lilypie Fourth Birthday tickers

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

35 Semanas

 



 
Como seu bebê está crescendo
Os movimentos do bebê dentro da sua barriga estão um pouco diferentes. Em vez de tantos chutes, você sente uns "rolamentos". É que o espaço está ficando bem mais apertado.

Os rins do bebê estão totalmente desenvolvidos e o fígado também está começando a funcionar. Os órgãos estão quase todos formados, e a partir de agora a tarefa principal será ganhar peso.

Como fica sua vida
Parece que você não tem mais para onde crescer? Seu útero cresceu mil vezes em termos de volume, comparado ao que era antes da gestação, e pressiona suas costelas. A boa notícia é que você já engordou praticamente tudo o que ia engordar na gravidez: em média de 11,5 a 13,5 quilos.

Tente arranjar um tempinho para descansar depois do almoço. No trabalho, é bom ir deixando as coisas organizadas. Nunca se sabe quando você vai ter de parar, se é que já não parou.

É possível que o médico queira que você vá à consulta com mais frequência: uma vez a cada 15 dias ou uma vez por semana. Talvez peçam que você faça o teste para o estreptococo do tipo B. É um exame simples que indica a necessidade de tomar ou não antibiótico na hora do parto.

Mudança no jeito de andar
Você certamente já notou que, vistas de costas, grávidas têm um jeitinho todo especial de andar: com as pernas meio abertas, pés apontados para fora, meio se balançando para cada lado a cada passo.

E não é só isso: você também vai andar mais devagar. Não se surpreenda de ter de pedir às outras pessoas que esperem você na hora de passear no shopping ou de sair para almoçar no trabalho.

Isso não impede que você continue caminhando. Andar é um ótimo exercício. Junto com a ioga e a hidroginástica, é uma das poucas atividades físicas que ainda dá para fazer de barrigão.

Além disso, vai ficar cada vez mais difícil dirigir. A legislação brasileira não impõe restrições para dirigir no último mês da gravidez, mas use o bom senso. Utilize sempre cinto de três pontos e tente manter alguma distância entre a barriga e o volante. Quando a distância deixar de existir, é hora de parar.

Nenhum comentário:

Total de visualizações de página

Followers